top of page
Buscar

Governança Ambiental, Social e Corporativa - ESG

Atualizado: 6 de mai.

Será que precisamos realmente destas práticas ?


Todos sabemos que 2020 revolucionou a forma como estávamos acostumados a praticar sustentabilidade e para responder a pergunta inicial, repasso alguns fatos e casos de grandes empresas globais e suas iniciativas e compromissos que evidenciam o período como um divisor de entendimentos.




Primeiro um movimento de 181 empresas do Business Roundtable e de 230 investidores pró-sustentabilidade conectados à Ceres. Em seguida o significativo crescimento das organizações certificadas pelo Sistema B, depois a expansão em mais de 34% em investimentos sustentáveis no período de apenas 2 anos* (de acordo com a Aliança Global de Investimentos Sustentáveis), em seguida Larry Fink, CEO da BlackRock, escreve uma carta se comprometendo a favor do ESG de forma tempestiva e rigorosa, na mesma pegada e em linha, ocorre o Fórum Econômico de Davos sendo o mais verde da história, onde tratou-se dos propósitos e objetivos antes do lucro e o novo capitalismo. A Natura compra a Avon com o compromisso de comunicar e propagar seus valores de sustentabilidade globalmente, no mesmo caminho a Ambev se compromete a zero utilização de plásticos até 2025 e muitos, mas muitos outros casos reais que deixam claramente para sociedade, sinais e passos concretos e relevantes para um futuro melhor.



20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page